Voltar 

                                  

O vale do Távora e as margens do Fêveras, do Guímar, do S. Paio e da ribeira da Cunha abundam em milho, feijão e abóbora. A batata é mais cultivada em Freixinho, Faia, Sernancelhe, Penso e Vila da Ponte. As leguminosas e hortícolas dão-se um pouco por todo o concelho, mas sobretudo nos vales dos rios e nas margens dos ribeiros.

                                    

Era o centro do centeio e do milho de sequeiro a parte mais montanhosa do concelho, que ficou praticamente de maninho com a rarefacção da população activa da agricultura e com a mudança das condições de vida. Tal produção deverá ser recuperada, se se pretende incentivar a actividade cinergética,

                                    

  Voltar