Voltar   

5. Caracterização Climática

Condições climáticas ou clima são as condições meteorológicas normais no local ou região que se considera, entendendo-se por condições meteorológicas o estado físico da atmosfera e da superfície do globo que com ela está em contacto. O clima de um local descreve-se pelos valores médios no ano, num grupo de meses, no mês ou numa fracção do mês, de grandezas físicas e outros conceitos (que se chamam elementos climáticos) e pelas frequências de ocorrência de alguns fenómenos meteorológicos. Estes valores médios calculam-se a partir dos resultados das observações meteorológicas executadas no local durante um nº de anos sucessivos suficientemente grande para que os valores médios descrevam o que é normal, com exclusão do que é transitório ou excepcional (O Clima de Portugal XV).
 
O clima de uma região descreve-se pelos valores climatológicos relativos a locais meteorologicamente representativos da região. É condicionado por factores gerais a que se sobrepõem factores locais. Os factores gerais resultam da situação geográfica da região, em latitude e em relação à circulação atmosférica em geral. Os factores locais (altitude, proximidade do mar, cadeias de montanhas, exposição aos ventos dominantes, natureza e revestimento do solo, etc.) contribuem para a existência de sub-regiões climáticas mais ou menos diferenciadas.
 
Considera-se a temperatura e a precipitação como os elementos climáticos com mais interesse no âmbito dos incêndios florestais.
 
 
5.1 Temperatura
 
Devido à inexistência de uma estação climatológica em Sernancelhe, não é possível classificar de uma forma perfeita o clima da região, mas considerando que a temperatura média anual diminui quando a latitude e altitude crescem, e a amplitude da variação anual da temperatura aumenta proporcionalmente à distancia ao mar, utilizam-se os dados da estação climatológica de Moimenta da Beira para caracterizar genericamente a variação da temperatura ao longo do ano no Município de Sernancelhe.

Os valores médios mensais da temperatura do ar (às 9 horas, às 15 horas, dia, média das máximas e média das mínimas) variam durante o ano como é normal no resto do país com o máximo em Julho (ocasionalmente em Agosto) e o mínimo em Dezembro (ocasionalmente em Janeiro). No período de 1955-80 o valor médio anual da temperatura do ar foi de 11,1oC; a média anual das temperaturas máximas foi de 17,6oC e a média das temperaturas mínimas foi de 4,6oC. A amplitude da variação anual da temperatura do ar (diferença das temperaturas médias do mês mais quente e do mês mais frio do ano) apresentou o valor de 14,4oC. O valor médio mensal das temperatura máximas diárias durante os quatro meses de Verão (que constituem a época de maior perigo de incêndio) situou-se acima de 25oC, com o máximo em Julho e Agosto com 27,5oC e 27,3oC respectivamente; a média mensal das temperaturas mínimas diárias para a mesma época situa-se aproximadamente nos 9,0oC, atingindo em atingindo em Julho 9,8oC e em Agosto 9,4oC. O numero médio de dias no ano com temperatura máxima superior a 25oC é 74,5; o numero médio de dias no ano com temperatura mínima superior a 20oC (noites tropicais) é de 25.
 

Estação: Moimenta da Beira Hs=670m Médias de: 1955/1980

 

Temperatura do ar

Mês

T méd.(oC)

Numero de dias

 

9 h

18 h

Mensal

Média

máx.

Média min.

Min. 

< 0,0o

Máx.

> 25,0o

Min.

> 20,0o

Janeiro
4.2
5.0
4.7
9.2
0.2
9.8
0.0
0.0
Fevereiro
5.3
6.9
5.8
10.7
0.9
11.6
0.0
0.0
Março
7.8
9.4
7.4
12.9
2.0
8.2
0.0
0.0
Abril
10.4
12.5
9.4
15.6
3.2
4.4
0.2
0.0
Maio
14.1
16.3
12.6
19.5
5,7
0.8
4.0
0.0
Junho
17.8
20.1
15.8
23.6
8.1
0.0
12.0
0.0
Julho
20.7
24.0
18.6
27.5
9.8
0.0
22.9
0.0
Agosto
20.4
23.4
18.4
27.3
9.4
0.0
21.8
0.0
Setembro
18.0
20.1
16.4
24.5
8.4
0.0
11.8
0.0
Outubro
13.2
13.6
12.1
18.6
5.6
1.5
1.8
0.0
Novembro
7.4
7.6
7.2
12.7
1.6
10.6
0.0
0.0
Dezembro
4.3
4.8
4.2
9.1
0.1
15.0
0.0
0.0

Ano

12.0
13.6
11.1
17.6
4.6
61.9
74.5
0.0

Adaptado de: "O Clima de Portugal - fascículo XLIX"

 
 5.2 Precipitação
 
A precipitação na região Norte está dependente das massas de ar tropical marítimo, quentes e húmidas que vêm de Oeste. A quantidade de precipitação vai aumentando deste as terras baixas do litoral às terras altas da cordilheira Marão Montemuro-Caramulo-Sicó, cortada pelo Vale do Douro e do Mondego, mas uma vez ultrapassada a primeira linha de alturas, as massas de ar vindas de Oeste encontram-se em condições diferentes daquelas em que atingiram o Litoral; perderam grande parte da humidade com que vinham carregadas e conforme se caminha para o interior as quantidades de precipitação recolhida são menores para altitudes iguais e até superiores ( Ferreira 1946).

Utilizaram-se as medições efectuadas ao longo de 29 anos (de 1951 a 1980) no posto udométrico de Sernancelhe e ao longo de 22 anos (1951 a 1973) nos postos udométricos de Ferreirim e Carregal, para calcular os valores médios de precipitação.
 
A precipitação média anual em Sernancelhe é de 917,8mm, distribuídos por 106 dias, em Carregal é 848,7mm distribuída por 145 dias e em Ferreirim 725.2mm distribuída por 130 dias. O numero médio de dias por ano com valores de precipitação iguais ou superiores a 10mm é de 30 em Sernancelhe, 28 em Carregal e 26 em Ferreirim. Os valores médios mensais da precipitação variam durante o ano com regularidade, apresentando o mínimo em Agosto e o máximo em Fevereiro ou Março. O semestre seco são os meses de Abril a Setembro a que corresponde em média 25% do valor anual da precipitação época do ano de maior perigo de incêndio (de Junho a Setembro) regista-se em média 11% a 12% da precipitação anual.
 

 

Sernancelhe

 

Médias de 1951/1980

 

Hs=800m

hr=1,5m

Mês

Precipitação

R (mm)

Numero

de dias

 

Total

Máx.

diária

R

>0,1

R

>10

Jan.
129.1
101.5
13
4
Fev.
129.3
65.3
12
4
Mar.
100.6
62.3
12
4
Abr.
62.4
55.3
10
2
Mar.
66.2
49.3
9
2
Jun.
41.5
35.6
6
2
Julho
13.0
47.0
2
0
Ago.
11.4
36.6
2
0
Set.
37.7
51.0
6
1
Out.
83.9
70.0
10
3
Nov.
125.1
107.0
11
4
Dez.
117.6
65.0
13
4

Ano

917.8

107.0

106

30

 

CarregaL

 

Médias de 1951/1973

 

Hs=690m

hr=1,5m

Mês

Precipitação

R (mm)

Numero

de dias

 

Total

Máx.

diária

R

>0,1

R

>10

Jan
95.9
63.0
13
4
Fev.
111.2
145.0
12
4
Mar.
123.9
72.2
13
4
Abr.
65.1
85.0
8
2
Mai.
59.1
49.0
8
2
Jun.
41.5
65.0
6
1
Jul.
13.5
30.0
2
0
Ago.
12.2
50.0
2
0
Set.
34.6
43.0
6
1
Out.
66.1
53.5
9
2
Nov.
118.6
128.8
12
4
Dez.
107.0
92.0
12
4

Ano

848.7

145.0

103

28

 

Ferreirim

 

Médias de 1951/1973

 

Hs=630m

hr=1,5m

Mês

Precipitação

R (mm)

Numero

de dias

 

Total

Máx.

diária

R

>0,1

R

>10

Jan.
95.1
55.0
14
4
Fev.
108.7
130.0
12
4
Mar.
81.8
42.4
11
3
Abr.
49.7
40.3
8
2
Mai.
58.1
50.0
8
2
Jun.
34.4
38.0
6
1
Jul.
10.6
40.0
2
0
Ago.
8.7
31.0
2
0
Set.
33.0
45.0
5
1
Out.
64.4
48.0
8
2
Nov.
106.1
114.6
11
4
Dez.
74.6
48.6
10
3

Ano

725.2

130.0

97

26

Adaptado de: "O Clima de Portugal - fascículo XLIX"

 

   Voltar