Voltar   

4.1 Densidade populacional
 
Com um total de 7020 habitantes distribuídos por 227.76km2 , o município de Sernancelhe apresentava em 1991 uma densidade populacional de cerca de 30.8hab/km2.

A densidade populacional tem vindo a sofrer um decréscimo progressivo desde 1950, ano em que se registava um valor de 46.1hab/km2 até 1991 com 30.8hab/km2. Entre 1981 e 1991 houve uma variação de -6.38% na população residente.
 

POP. RESIDENTE

ESTRUTURA ETÁRIA

POP. POR SECTOR DE ACTIVIDADE ECONÓMICA

HM

0-14

15-24

25-64

65 ou +

Total

Prim.

Sec.

Terc.

7020

1571

1147

3077

1225

2779

1612

504

663

Sernancelhe

22.37%

16.34%

43.83%

17.45%

#

58.00%

18.13%

23.85%

Douro

21.36%

17.10%

45.93%

15.60%

#

35.00%

21.29%

43.70%

Região Norte

22.10%

18.04%

48.43%

11.43%

#

10.58%

49.41%

40.01%

Fonte : Instituto Nacional de Estatística, Recenseamento Geral da População - "Censos 91".

 
 As freguesias com mais habitantes residentes são as de Sernancelhe, Vila da Ponte, Carregal, Ferreirim e Sarzeda, respectivamente com 1052, 669, 631, 578, 553hab. As freguesias com maior densidade populacional são Vila da Ponte e Ferreirim com respectivamente 52.6hab/Km2 e 56.1hab/Km2.
 
 
4.2 Estrutura etária
 
A estrutura etária da população ao primeiro nível (0-14 anos) está sensivelmente em conformidade com a região em que se insere, nos níveis 15-24 e 25-64 anos, os valores são percentualmente inferiores em relação à região geográfica do Douro e menores também em relação à região NUT II Norte. Na faixa etária acima dos 65 anos segundo o Censo 91 existe proporcionalmente mais gente do que na região Douro e na região NutII Norte.
 
 
4.3 População activa por sector
 
A estrutura da população activa por sector reflecte as características dos concelhos rurais. Em 1991 havia predominância do sector primário com 1612 empregados, depois o terciário com 663 e por fim o sector secundário com 504 empregados. Comparativamente à Zona Geográfica do Douro onde se insere, a nível de emprego, existe um maior peso do sector primário e menor do secundário e muito menor do terciário. Em relação à região NUT II Norte, as diferenças na distribuição da população activa pelos sectores de actividade ainda são maiores como se pode ver pela tabela.
 

 

   Voltar